Terça, 29 Dezembro 2020 17:26

ALÉM PARAÍBA VIVE O PIOR MOMENTO DA COVID

Escrito por
ALÉM PARAÍBA VIVE O PIOR MOMENTO DA COVID

O município de Além Paraíba ainda continua com o número muito elevado de pessoas suspeitas de infecção pelo novo coronavírus. O Boletim Epidemiológico emitido pela Secretaria Municipal de Saúde, datado de ontem, 28 de dezembro,  registra 327 pessoas com suspeita de Covid-19 em isolamento domiciliar  e 5 internadas no Hospital São Salvador, sendo um na UTI.

De 01 a 28 de dezembro foram registrados mais cinco óbitos, totalizando 25 mortes durante  os nove meses de pandemia.

Atualmente, Além Paraíba tem 205 pessoas positivadas com a doença (confirmação por teste PCR) e 88 casos seguem em investigação.

Também segundo o Boletim de ontem, 28 de dezembro, desde o início da pandemia do coronavírus, Além Paraíba registrou 4.302 notificações de casos suspeitos, sendo 3002 investigações concluídas, 327 pessoas em investigação atual e 973 pessoas confirmadas que tiveram Covid-19 no município. Dessas 973 pessoas confirmadas, de março a dezembro, 932 foram recuperadas da doença. Infelizmente, o município registrou 25 óbitos.

As cinco mortes registradas no mês de dezembro foram de Maria Godinho de Castro, Sebastiana da Silva Rosa, dona “Tiana” (78 anos, residente no bairro Boiadeiro);  Terezinha Raposo; a octogenária Dulce Silveira, no dia 22 de dezembro; e, no dia 24 de dezembro, Ana Carla Costa , que completou 41 anos no início de dezembro.

ÓBITOS EM NOVEMBRO      

Por uma falha do Jornal AGORA, não registramos os óbitos 19º e 20º, que foram o da ex-servidora pública da Prefeitura de Além Paraíba, Francisca Leite, mais conhecida como “Chica Telefonista”; e também da empresária Conceição Damasceno, moradora do bairro Vila Laroca, e ex-proprietária da Loja Troça Moda Infantil.

 

Antes de fechar a presente matéria, chegou a informação ainda não confirmada pela Secretaria Municipal de Saude, da morte de mais duas pessoas. Um morador do Jardim Paraíso e outro morador do Morro São Geraldo.

 

TRAGÉDIA FAMILIAR EM SAPUCAIA

 

O jornal AGORA também se sente na obrigação de registrar o falecimento do professor e animador cultural do CIEP de Jamapará, José Roberto Soares, o Beto, e de mais 3 membros de sua família. Todos vítimas da Covid-19. Os casos foram oficialmente registrados pelo município de Sapucaia (RJ).

Betinho faleceu na quinta-feira, 24 de dezembro. O professor e animador cultural do CIEP de Jamapará tinha apenas 48 anos. Além dele, o novo coronavírus também vitimou fatalmente seu irmão, Luiz Cláudio Soares, de 48 anos, no dia 3 de dezembro. Dez dias depois, a mãe de Beto, Aparecida Soares, de 81 anos, também faleceu. E,  na manhã de sexta-feira, 25 de dezembro,  faleceu outro irmão do professor Beto: Antônio Carlos Soares, de 52 anos, apelidado de Calito.

O pai da família destroçada pela Covid-19 também foi infectado e segue internado em um hospital público, em Leopoldina/MG.

Informações adicionais

  • Cidade:Além Paraíba - MG