Segunda, 31 Mai 2021 19:44

Além Paraíba não segue o programa “Minas Consciente” e continua na “Onda Vermelha”

Escrito por
Além Paraíba não segue o programa “Minas Consciente” e continua na “Onda Vermelha”

O Chefe de Gabinete José Roberto Monteiro Faria, informou que o Prefeito Miguel Belmiro de Souza Júnior, decidiu que Além Paraíba permanecerá na onda vermelha do Minas Consciente mesmo o Governo do Estado ter autorizado o avanço para a onda amarela.

A decisão do Prefeito decidiu a partir de dados que mostram o aumento de casos de Covid-19 no Município. Recentemente aconteceu o Dia das Mães onde um grande número de pessoas vieram para a cidade, houve crescimento de casos; Proximamente haverá o feriado de Corpus Christi, na quinta-feira, dia 3 de junho, que também enseja cautela.

Além de tudo isso cresceu os números de pessoas com sintomas gripais procurando a Unidade de Saúde do Covid e há um número importante de casos ativos em domicílio ou internados no Hospital.

Com todos indicadores e o temor de que a cidade viva um novo surto da Covid-19 o Prefeito decidiu que o Município ficará da forma em que está, ou seja na onda vermelha.

(Fonte: Comunicação Prefeitura Municipal de Além Paraíba)


Onda Vermelha

Na Onda Vermelha, todo o comércio, como lojas e bares, pode funcionar desde que obedeça a distância linear de 3 metros entre cada pessoa e a capacidade máxima de 10 metros quadrados por cada pessoa. Além disso, serviços não essenciais devem limitar um cliente por atendente. Nos hotéis e atrativos culturais e naturais, o limite de ocupação passa a ser de 50%.

Apesar do afrouxamento nas medidas de isolamento, o Estado frisou que a Onda Vermelha não é obrigatória, ou seja, cada município tem autonomia para decidir se reabre ou mantém os estabelecimentos fechados. Na Onda Roxa, a adesão é obrigatória.

Além do distanciamento, outras regras são recomendadas na Onda Vermelha.

• Priorizar o teletrabalho aos funcionários;

• Proibir o auto atendimento pelo cliente (self service);

• Realizar atendimento somente mediante agendamento (serviços e atendimentos pessoais);

• O cliente deve ser questionado previamente (de preferência ao telefone, quando for marcar seu atendimento), se apresenta sintomas respiratórios, se está em isolamento ou quarentena em decorrência do Covid-19 e, em caso positivo, não poderá ser atendido;

• Realizar aferição obrigatória de temperatura de funcionários e clientes, com restrição de entrada em caso da temperatura aferida ser superior a 37,5º. Os acompanhantes, independentemente da temperatura, também estarão sujeitos à restrição de entrada.

(Fonte: Site O Tempo)

Informações adicionais

  • Cidade:Além Paraíba - MG