Sexta, 13 Agosto 2021 14:46

150 anos de história da Estação Ferroviária de Simplício

Escrito por
150 anos de história da Estação Ferroviária de Simplício

Inauguradas em 06 de agosto de 1871, a Estação Ferroviária de Simplício, a Estação Ferroviária de Porto Novo do Cunha e  Estação de Benjamin Constan completam 150 anos de história.  Juntas, elas formam as terceiras estações mais antigas de Minas Gerais. A mais antiga de Minas é a Estação de Chiador , datada de junho de 1869 e a segunda mais antiga é a Estação de Santa Fé , datada de julho de 1869.

 Das três, a única reformada é a Estação de Simplício ( originalmente, denominada Conceição) que foi entregue ao Município em 2015, após uma contra partida de Furnas Centrais Elétricas, devido às obras da Usina Hidrelétrica de Simplício.

Em 1871 foi autorizada a construção de uma estrada de ferro que, partindo de Porto Novo do Cunha tivesse como destino final a cidade mineira de Leopoldina.  À inauguração compareceu Sua Majestade o Imperador Dom Pedro II.

Em 2 de agosto de 1871, foi inaugurada a Estação de Porto Novo, ponto terminal da referida 3ª Seção da Estrada de Ferro D. Pedro II. O tráfego foi aberto, oficialmente, no dia 6 de agosto. Porto Novo foi também o marco inicial (Km-0) da Estrada de Ferro da Leopoldina.

Em 2017, a Estação de Porto Novo e os Torreões foram cedido ao Museu de História e Ciências Naturais por um período de 20 anos e desde então, o MHCN vem buscando parceria visando a sua restauração.

Desde 2020, através de parceria entre o Museu de Histórias e Ciências Naturais com a Cervejaria Porto Novo e com o empresário Brasilino Bittencourt, a Estação Simplício abriga um restaurante atraindo muitos turistas, se tornando um pólo cultural e gastronômico.

Infelizmente, a Estação de Benjamin Constant ( antiga Estação Ouro Fino ) segue em ruínas .

(Texto: Sônia Carvalho com informações de Plínio Alvim / Fotos: Sônia Carvalho)

 

Informações adicionais

  • Cidade:Além Paraíba - MG