Segunda, 09 Março 2020 00:00

Canal O Mundo de Marias promoveu tarde histórica

Escrito por

No dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, aconteceu o Chá das Marias, um importante encontro, para discutir a violência contra a mulher, organizado pelo canal do youtube, O Mundo de Marias, idealizado por Verônica Dias.
O evento, realizado no Casarão Festas contou com a participação de cerca de 70 mulheres e homens, chamados por Verônica de Marias e Joãos, em uma tarde de discussões e informações acerca desse importante mal de nossa sociedade. Mal que cresce estatísticamente, mesmo com os 14 anos da Lei Maria da Penha em vigor.
Do debate, participaram a idealizadora do encontro e do canal, Verônica Dias, Esteticista e Nutricionista, Amanda Siveira, Jornalista, Gisela Filipa, Gerente Executiva de Recursos Humanos (RH), Dra. Marta Xavier, Defensora Pública, Dra. Adriana Carvalho, Promotora de Justiça, Dra. Etiliane Zamboni, Advogada e as Psicólogas Ivy Faria e Fabrícia de Oliveira.
Cada uma delas, com seus conhecimentos, trouxe à luz informações necessárias e esclarecedoras do papel da justiça, da imprensa, da psicologia e do RH, no combate à violência institucionalizada contra a mulher. O depoimento pessoal de Verônica Dias a respeito de violências que passou e de os de participantes da platéia presente, assim como as perguntas feitas pelo público, emocionaram e despertaram para a necessidade de multiplicar o tema.
Sem levantar bandeiras partidárias, o Chá das Marias promoveu um Dia Internacional da Mulher diferente e produtivo, em Além Paraíba. Impunidade, medidas protetivas, leis, matérias da mídia, ofensas públicas contra a mulher, a dificuldade de se libertar de relacionamentos abusivos, sororidade e empatia foram abordadas de maneira clara.
Importante destacar o depoimento da Escrivã da Delegacia local, Bianca Trindade, sobre a presença de mulheres na Delegacia, que podem acolher e ouvir as mulheres, que, muitas vezes, têm receio de se abrirem e denunciarem quaisquer violências a um policial homem. Outro destaque foi a fala da Defensora Pública, explicando que toda mulher agredida pode se direcionar à Defensoria Pública para essas denúncias, caso assim se sinta mais à vontade.
Parte da renda com as camisas do evento e material utilizado na dinâmica realizada foram doados a um projeto do Morro do Cipó, onde uma senhora chamada Maria Otília trabalha oficinas com meninas em situação de violência, alcoolismo na família e afins. Na ocasião, Verônica Dias lançou uma campanha para que cada um adote uma dessas meninas, auxiliando a Sra. Maria Otília, que hoje conta com pouquíssimo auxílio nesse projeto em que doa tempo, dinheiro e dedicação. O valor mensal é de R$10,00 e uma conta ainda será providenciada para que as pessoas possam participar desse projeto.

3de7b7ae-032a-4980-98e6-79aa52415cbc.jpgcb9fa7cf-1637-432d-aa71-5a6268b96039.jpg706bb3b9-c91b-4576-8e3b-b3aac72f4c70.jpg71e7f8ea-c552-42fd-81ab-3c707103d763.jpg4a9cd263-6e89-4b0e-bdd8-30e0138f1be3.jpg

Informações adicionais

  • Cidade: Além Paraíba - MG